A Diretoria do Comitê
Gestão 2014



Silvino Panziera
Presidente


Fernando Mirelles
Vice-Presidente

 


Nelson Narvaes
Secretário

 


A bacia do rio Quarai é compartilhada pelos países do Uruguai (55% da superfície) e do Brasil (45%). O uso das águas no rio principal deveria obedecer ao estipulado no Acordo Binacional, assinado pelos governos dos dois países no ano de 1991, mas são observadas retiradas que reduzem, além do definido, os níveis de água do rio Quarai. A evolução da filosofia de gerenciamento dos recursos hídricos e das legislações referentes à água e ao meio ambiente resultou em um fortalecimento da participação da população na definição da situação desejada dos corpos d’agua, tanto em termos de qualidade, como de quantidade. A participação da população se dá na forma de colegiado, sendo denominados no Brasil de Comitês de Bacia e no Uruguai de Juntas de Riego.



Ação do Comitê ajuda no reflorestamento da Ilha Brasileira





O Comitê de Bacia do Rio Quaraí repercutiu o brado de alerta da ONG Atelier Saladero amplamente divulgado pela imprensa e pela internet: a campanha SOS Ilha Brasileira visou sensibilizar a sociedade sobre a necessidade do reflorestamento da Ilha. O Comitê gestionou em diversas esferas e conseguiu do Governo do Estado do Rio Grande do Sul a doação de 10 mil mudas de árvores nativas.

 

Veja matéria sobre o plantio.



O homem do campo, na Barra do Quaraí, é responsável por 80% do PIB municipal


A história de seu povo é a do homem do campo, com suas tradições e respeito à Natureza.

 

 

O cavalo crioulo, pedestal do gaúcho, promove o município nacionalmente, nas provas do Freio de Ouro e Hipismo de Esteio.

 


As cabanhas da Barra do Quaraí, algumas de renome internacional, são verdadeiros bancos de genética.

 

 

Na agricultura, a lavoura de arroz irrigado constitui o carro chefe do agronegócio. As lavouras de sorgo, milho e soja são irrigadas com alta tecnologia, ou seja, por aspersão utilizando o pivô central.

 

Comitê de Gerenciamento das Águas Estaduais da Bacia Hidrográfica do Rio Quaraí

 


Audiência Pública sobre o Plano de Bacia do Rio Quaraí

 


 

Abril de 2014 - O Comitê de Gerenciamento das Águas Estaduais da Bacia Hidrográfica do Rio Quaraí realizou duas Audiências Públicas para apresentar à sociedade e ao Poder Público o seu primeiro Plano de Bacia.


Esse documento traz as metas de qualidade das águas da bacia e as linhas de ação do Comitê para os próximos anos, com a indicação de custos, fontes de receita, prazos e entidades envolvidas nas soluções dos problemas diagnosticados pela própria população em maio de 2010.

 

As duas audiências realizadas, uma na cidade de Quaraí e outra em Barra do Quaraí, foram momentos em que se retornou à comunidade as demandas apresentadas e as ações do Comitê nestes quatro anos bem como as próximas ações previstas.

 

 

Após estas Audiências Públicas, o Plano de Bacia será encaminhado ao Departamento de Recursos Hídricos do Rio Grande do Sul e ao Conselho de Recursos Hídricos. O Plano da Bacia do Rio Quaraí é o segundo plano de bacia em implantação no Rio Grande do Sul e o primeiro do Brasil elaborado pelo próprio comitê.

 

Oficina Internacional de discussão sobre Bacia do Rio Quaraí

 

Organizado pelo Sindicato Rural da Barra do Quaraí e Associação dos Arrozeiros de Uruguaiana, 16 autoridades brasileiras, 16 autoridades uruguaias, ONGs e entidades civis, reuniram-se por dois dias na cidade e delinearam um plano de gerenciamento sobre a Bacia do Rio Quaraí

 


Na foto, Doutor Fernando Meirelles explica os objetivos da Oficina à imprensa regional.

 

Nos dias 17 e 18 de junho de 2008 ocorreu na Barra do Quaraí a Oficina Internacional de Discussão sobre a Bacia do Rio Quarai com o objetivo de obter elementos para construir o Plano de Gerenciamento de Bacia. O encontro foi de suma importância para buscar os caminhos do uso sustentável da água, visto que a discussão foi de caráter internacional onde estiveram presentes integrantes da Comissão Provisória do Comitê das Bacias Estaduais das Águas do Rio Quarai, Comitê de Coordenação Local e entidades uruguaias coordenados pelo Instituto de Pesquisas Hidráulicas dentro das metas do programa TwinLatin.


A Bacia do Rio Quarai foi proposta pela DNH e pelo UPH como sendo uma das bacias-estudo componentes do TwinLatin, programa de desenvolvimento de metodologias e estratégias para a gestão de bacias compartilhadas por mais de um país. Este programa tem o financiamento da União Européia. Participaram da Oficina em número de 32, sendo 18 brasileiros e 18 uruguaios.
A Oficina foi coordenada pelo Doutor Fernando Meirelles da UFRGS que aplicou a metodologia ZOPP, de planejamento orientado por objetivos.

 

Todos os integrantes participaram com sugestão de ações ou indicadores, que submetidos a um processo de formação de consenso, foi montado um marco lógico que apresentou as atividades a serem desenvolvidas, os responsáveis por estas, os prazos e os custos correspondentes, os produtos que serão obtidos, os indicadores a serem observados e os meios de verificação do grau de evolução destes indicadores. Após, estes resultados serão organizados, reapresentados e submetidos a aprovação dos participantes.

 



O Engenheiro Agrônomo Jorge Gussoni (acima à esquerda), Chefe Regional de Artigas da Direção Regional de Hidrografia, organismo encarregado de realizar
as outorgas do uso das águas no lado uruguaio, ressaltou a importância de participar da Oficina Internacional que por ser binacional é um grande desafio porque é um empreendimento onde aponta o manejo racional sustentável por parâmetros comuns entre Brasil e Uruguai.


Salientou que nossa região é uma das poucas partes do mundo onde há águas compartilhadas e que o objetivo da oficina não é somente da água, mas também nos aspectos ambientais, de saúde, educação de toda a região. Disse ainda, que temos uma excelente relação de vizinhança e que isso nos permite pressionar as autoridades para que tenhamos um final feliz no aspecto legal que sempre é um entrave. “Se nos deixarem resolver nossos problemas entre vizinhos seria muito interessante”, enfatizou Gussoni.


A imagem de um rio que secou...

 

O vídeo mostra como fica o Rio Quaraí nos meses de dezembro e janeiro nas proximidades de sua foz





  • Comentário:


Nome:
Email:
Mensagem:

Histórico da criação do Comitê




Quaraí-RS - Foi criada em 11/06/2007, na cidade de Quaraí, a Comissão Provisória do Comitê Gestor da Bacia do Rio Quaraí. O encontro realizou-se no Centro de Cultura Comunitária com uma palestra do Sr. Ivo Mello, Diretor do Departamento Estadual de Recursos Hídricos (DRH/SEMA) que apresentou um histórico sobre a questão da água enquanto um bem público, definido pela constituição de 1988 e o conceito de ser um bem escasso. Desta forma, a água é dotada de valor econômico, portanto, passível de cobrança pelo seu uso.

 

 

* Mobilização das entidades

 

O principal objetivo era a conscientização e mobilização das entidades regionais para fazer frente aos graves problemas que podem ser originados caso não haja participação social na forma de partilhar os conhecimentos relacionados aos recursos hídricos. Ficou acordado entre todos a criação de um Comitê Gestor das Águas para gestionar todas as questões relacionadas à Bacia do Rio Quaraí. Os partipantes nomearam o Cel. Nelson Narvaez como Coordenador da Comissão Provisória que organizou uma reunião no dia 20 de junho de 2006, congregando entidades e associações da região para se interarem da importante ação que será desenvolvida pelo Comitê.

 

11/06/2007 - Ata da Reunião na cidade de Quaraí




Barra do Quaraí-RS - Conforme publicado em edital, reuniram-se no dia 20/06/2007, em Barra do Quaraí, representantes de entidades municipais para debater a respeito da criação do Comitê de Gerenciamento das Águas estaduais da Bacia Hidrográfica do Rio Quaraí, dando seqüência às reuniões de mobilização na fronteira oeste. A reunião foi dirigida pelos coordenadores da Comissão Provisória, Nelson Narvaes e Ivo Wagner que argumentaram sobre a necessidade de aprofundar conhecimentos técnicos sobre o assunto, bem como a divulgar a experiência de outras regiões que já se mobilizaram em favor da criação de um comitê local. Por esta razão, o palestrante principal foi o Dr. Roberto Basso, Presidente do Comitê do Rio Ibicuí.


20/06/2007 - Ata da reunião em Barra do Quaraí




Uruguaiana-RS - No dia 05/07/2007 realizou-se a reunião para a formação do Comitê de Gerenciamento das Aguas Estaduais do Rio Quaraí no Salão do Parque de Exposição da Agrícola Pastoril, em Uruguaiana. Jorge Bergallo abriu a seção convidando o Prof. Fernando Meireles para repassar aos presentes dados interessantes sobre um estudo referente à Bacia do Rio Quaraí que está sendo financiado pela União Européia. Entre os importantes enunciados do Prof. destaca-se a informação de que a bacia do Rio Quaraí é a melhor bacia do mundo para se trabalhar, a mais adiantada em vários aspectos, ficando à frente do rio Tamisa em matéria de resultados.


05/07/2007 - Ata da reunião em Uruguaiana-RS




Ilha Brasileira, o santuário ecológico da Tríplice Fronteira

 



Ruínas do Saladero: uma comunidade Mercosul nos fins do século XIX


 

Ações do Movimento Transfronteiriço de ONGs